Pedro II


ºC




  (86) 9918-1155

   
 
 
Espalhe por aí                  Visualizações: 149


28/08/2018 às 06:26:49
Hérnia de disco não tem cura, mas pode ter a dor amenizada

A população precisa saber que essa doença não tem cura
créditos: Hérnia de disco

 A hérnia de disco é uma lesão que ocorre com mais frequência na região lombar. Essa doença é a que mais provoca dores nas costas e alterações de sensibilidade para coxa, perna e pé. Aproximadamente 80% das pessoas vão experimentar a dor lombar em algum momento de suas vidas. A localização mais comum da hérnia de disco lombar é no disco que fica entre a quarta e quinta vértebra lombar (L4/L5) e no disco que fica entre a quinta vértebra e o sacro (L5/S1).


Na maioria dos casos, os sintomas melhoram naturalmente com três meses, mas podem ser auxiliados com tratamentos clínicos e fisioterapêuticos. Mesmo o paciente se sentindo bem sem tratamento, é importante que ele faça um programa de tratamento voltado para a funcionalidade normal da coluna e para o seu fortalecimento. As pesquisas são categóricas: após os primeiros sintomas de dores nas costas, os músculos que protegem a coluna vertebral começam a ficar fracos e atrofiados.


A população precisa saber que essa doença não tem cura. As pessoas melhoram da dor, voltam a ter uma vida normal na maioria das vezes, mas é bom deixar claro que o repouso e os medicamentos não devolvem a funcionalidade nem fortalecem os músculos que ficaram fracos com a doença. Acreditamos que esse seja um dos principais motivos de tantas dores recorrentes na coluna vertebral. Assim, se você teve um episódio de dor severa na coluna e esses sintomas permaneceram por mais de três meses, provavelmente outros virão. Essa regra vale para 100% dos casos. Portanto, o segredo é fazer uma atividade física em locais adequados e com profissionais especializados.


SURGIMENTO DA HÉRNIA DE DISCO


A palavra “hérnia” significa projeção ou saída por meio de uma fissura ou orifício de uma estrutura contida. O disco intervertebral é uma estrutura fibrosa e cartilaginosa que contém um líquido gelatinoso no seu centro, chamado núcleo pulposo. O disco fica entre uma vértebra e outra da coluna vertebral. Esse anel fibroso, quando fissura ou está desgastado, permite que o líquido gelatinoso que está mantido no seu centro realize uma expansão ou abaulamento da sua estrutura e também pode se extravasar. Quando esse fenômeno ocorre em pequenas proporções, chamamos protusão discal. Se a lesão no anel fibroso que mantém o núcleo for grande, o líquido contido no núcleo poderá sair para o meio externo e, quando isso acontece, o disco poderá diminuir de volume, achatando-se. Por isso, chamamos de hérnia de disco. Dependendo do local da saída desse “gel”, o paciente poderá sentir fortes dores ou não. Com esse conceito, fica claro que o importante é saber qual é a localização da hérnia de disco, e não o seu tamanho.






Fonte.cidadeverde

Publicado Por.Antonio Francisco

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Destaque

Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero

O jornalista trabalhava atualmente no Grupo Bandeirantes de Comunicação

11/02/2019   16:21:56

Ler Matéria

Moro anuncia mudanças em projeto anticrime para atender governadores e STF

Foi solicitado [pelos governadores]

07/02/2019   07:35:47

Ler Matéria

Decisão da justiça manda governo realizar reparos no Açude Caldeirão

Nossa ação foi com base no laudo do DNOCS

07/02/2019   07:29:20

Ler Matéria

Saiba quais são os benefícios da beterraba, um alimento poderoso

Além disso, é uma grande aliada do intestino

07/02/2019   07:23:44

Ler Matéria

Conheça os motivos que transformam refrigerante em vilão da dieta

os refrigerantes são compostos de açúcar

07/02/2019   07:15:44

Ler Matéria

Leo sobre fim da dupla com Victor: "Briga o tempo inteiro"

Ele também comentou a polêmica envolvendo o irmão,

07/02/2019   07:08:36

Ler Matéria

Câmara do CRECI-PI media conflitos imobiliários com poder de justiça

Alguns processos tramitam há mais de 20 anos

07/02/2019   07:00:24

Ler Matéria

Gal Costa grava participação em disco de Péricles Cavalcanti, compositor que lançou há 45 anos

Gal Costa na gravação de música para disco de Péricles Cavalcanti

10/01/2019   06:31:17

Ler Matéria



 
 
Rádio Cruzeiro Am
Rua Corinto Andrade (Praça Manoel Nogueira Lima) Nº460, Pedro II - PI
Tel:  (86) 3271-1186  -  WhatsApp:  (86) 9918-1155
 

 Online Agora:

  20

 Visitas:

  1453987