Pedro II


28 ºC


Tempo limpo



  (86) 9918-1155

   
 
 
Espalhe por aí                  Visualizações: 109


11/01/2018 às 06:48:18
Assassinos de cantora do Grupo Kaoma são condenados por latrocínio

A sentença é da juíza Aline Dias
créditos: O crime foi premeditado pelos três réus

 O caseiro Wallace de Paula Vieira foi condenado a 37 anos de prisão por roubo seguido de morte (latrocínio) da cantora do grupo musical Kaoma, Loalwa Braz Vieira Machado Ramos, de 63 anos, em 19 de janeiro de 2017, e por causar incêndio na pousada em que ela morava. Também foram condenados Gabriel Ferreira dos Santos, a 28 anos de prisão, e Lucas Silva de Lima, a 22 anos, pelo crime de latrocínio. A cantora, nacionalmente conhecida pelo hit de lambada Chorando se Foi, sucesso no final dos anos 1980, foi assassinada no distrito de Bacaxá, em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.


A sentença é da juíza Aline Dias, da 1ª Vara de Saquarema, na Região dos Lagos, que determinou regime fechado para o início do cumprimento das penas, sem poderem recorrer em liberdade.


A denúncia que levou à condenação indicou que a cantora estava dormindo na pousada quando os três arrombaram a porta do quarto e a agrediram com pauladas, golpes de faca, chutes, socos e a enforcaram, enquanto Loalwa pedia socorro. A denúncia apontou ainda que os acusados pegaram pertences da cantora, como joias, dinheiro, celular, cartão bancário e a imagem de uma santa, e não deixaram para trás nem produtos de maquiagem.


Para saírem do local, utilizaram o carro da cantora, que foi novamente agredida. A cantora morreu queimada após os acusados atearem fogo no veículo. Wallace também incendiou a pousada.


A juíza Aline Dias considerou que não havia como contestar a autoria dos réus, presos em flagrante pouco tempo após o crime, incluindo os depoimentos de testemunhas, a confissão dos três e a apreensão de parte dos objetos roubados.


“O crime foi premeditado pelos três réus, partindo sua ideia do réu Wallace, que era empregado da própria vítima, dormia no local, tinha conhecimento da rotina da pousada e de sua movimentação financeira, do alto valor lá guardado [R$ 15 mil] e sabia que, no dia e hora do local do delito, a vítima se encontrava sozinha e no seu quarto”, disse a juíza.







Fonte.cidadeverde

Publicado Por.Antonio Francisco

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Destaque

Prazo para registrar candidatura no TSE termina hoje

Até esta terça-feira (14), oito candidatos já haviam apresentado os pedidos de registro

15/08/2018   09:53:21

Ler Matéria

Ciro Nogueira elogia Lava Jato e diz: "não tem quem pague o que passei"

Acho que essa operação Lava Jato tem contribuído muito com o país

15/08/2018   09:44:19

Ler Matéria

Rosa Weber toma posse como presidente do TSE e diz que país vive momento de descrédito da política

Com 69 anos, magistrada substitui o ministro Luiz Fux no comando da Justiça Eleitoral

15/08/2018   05:42:27

Ler Matéria

Aposentados começam a receber este mês 1ª parcela do décimo terceiro

O depósito do benefício será feito na folha do INSS

15/08/2018   05:30:40

Ler Matéria

STF rejeita denúncia contra senador Ciro Nogueira na Lava Jato

Por 3 votos a 1, 2ª Turma entendeu que não havia provas contra presidente do PP

14/08/2018   19:36:28

Ler Matéria

10 alimentos que ajudam a rejuvenescer o corpo e a mente

Consumir esses alimentos diariamente nos lanches da tarde

14/08/2018   06:56:57

Ler Matéria

A dor na sua coluna irradia para pernas ou braços? Pode ser hérnia

O tratamento é feito com remédios

14/08/2018   06:43:55

Ler Matéria

Ciro homenageia Olímpio Galvão pela posse como desembargador no TJ do Piauí

O senador citou momentos da carreira de Olímpio Galvão

08/08/2018   10:21:56

Ler Matéria



 
 
Rádio Cruzeiro Am
Rua Corinto Andrade (Praça Manoel Nogueira Lima) Nº460, Pedro II - PI
Tel:  (86) 3271-1186  -  WhatsApp:  (86) 9918-1155
 

 Online Agora:

  21

 Visitas:

  1291833